Triagem de pessoas

Em geral, a contratação para uma obra é feita através de uma Triagem ou Fichamento. O Departamento Pessoal da obra faz a triagem com os candidatos que aparecerem a obra no dia marcado. Nessa triagem procuram identificar:

  1. Pessoas que realmente querem trabalhar;
  2. Quem tem experiência em carteira de trabalho (CTPS);
  3. Empresas que já passou e quanto tempo trabalhou nelas.

Após a triagem inicial, irão encaminhar o candidato para o mestre-de-obras. O mestre-de-obras também deve entrevistar os candidatos que querem se juntar a equipe dele. O mestre tem o conhecimento dos profissionais que estão procurando a obra para realmente trabalhar e que tem mais chance de serem contratados a longo prazo. Nesse passo é essencial demonstrar que quer ser um funcionário a longo prazo e que não estará deixando a vaga até o final da obra.

Após a entrevista o mestre-de-obras encaminha para o Departamento Pessoal os profissionais que devem ser contratados. Este fornecerá uma lista de documentos necessários para admissão. Em geral, os documentos necessários para admissão são:

  • 01 foto 3×4;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante endereço;
  • RG e CPF;
  • Resultado de exame admissional ou ASO; e
  • Dependendo da função Audiometria e exame de sangue.

Exame admissional

O candidato jamais poderá iniciar suas atividades sem antes fazer o exame admissional, portanto a primeira coisa a ser feita é o exame admissional. Esse exame é feito em clínica especializada em medicina do trabalho que a obra deve ter convênio firmado.

Cargos que Exigem Currículo

Para cargos sênior e profissões que exigem qualificação na construção civil, será necessário elaborar um currículo. Essas profissões incluem: cargos de supervisão, coordenação, gerência, engenharia ou demais cargos especializados que exijam formação superior ou curso técnico.

Um dos motivos é que o currículo consiste no primeiro contato do candidato com o futuro empregador. Além disso, possibilita que o concorrente mostre as suas qualificações e avance para as demais etapas do processo seletivo, entrevista e dinâmica de grupo.

De acordo com especialistas, o currículo para despertar o interesse do empregador deve utilizar uma palavra-chave. Dessa maneira, fica mais fácil para a empresa verificar se o candidato está atento aos requisitos da vaga oferecida.

Sem dúvida, usar a palavra-chave acaba sendo até um recurso de marketing pessoal, porque desperta o interesse do empregador em conhecer melhor o profissional que pretende trabalhar na organização.

Formatos e Carta

É preciso também estar atento ao formato de currículo a ser aceito pela empresa. Em geral, são aceitos os enviados por e-mail em PDF ou Word. Porém, existem instituições que preferem as informações inseridas no corpo da mensagem.

Por isso, é importante ficar atento a maneira como a empresa deseja receber o currículo. Se não houver nenhuma especifica, envie o material em Word e PDF para evitar qualquer problema. Também é recomendado ter o currículo impresso, caso haja a oportunidade de apresentá-lo pessoalmente.

Outro aspecto importante para conquistar uma vaga é apresentar a carta de apresentação, Embora raramente seja lida, ela pode ser um diferencial para a empresa escolher o melhor candidato. Ao escrevê-la, utilize uma linguagem simples e direta, enfatize aspectos profissionais e evite, ao máximo, abordar temas pessoais.

Nessa carta, é fundamental o candidato mostrar o porquê de estar concorrendo à vaga oferecida e os motivos da contratação dele ser a melhor alternativa para a empresa.

Ao apresentar a carta, o empregador vai perceber que há um interesse do candidato em contribuir para a organização. Inegavelmente, isso pode servir de critério de desempate, quando profissionais apresentam o mesmo nível de qualificação.

Atenção

Jamais escreva um currículo de forma mecânica. Tenha muita atenção com o que o empregador está pedindo no anúncio.

É essencial verificar se você tem as habilidades e qualificações solicitadas. Dessa forma, fica mais fácil elaborar um currículo que atraia a atenção da empresa.

Em virtude da crise econômica, o mercado da construção civil está mais competitivo para trabalhadores de todos os níveis de formação. Por isso, é indicado informar os cursos feitos e as experiências profissionais relativas ao cargo pretendido.

Procure ser honesto ao fazer o currículo. Se mentir para conseguir a vaga, isso pode te prejudicar tanto na empresa como no mercado de uma forma geral. Se não tem as capacitações necessárias para a vaga, adote duas medidas: procure se qualificar ou se candidate a uma oportunidade dentro das suas possibilidades.

Mão na massa

Já passamos dicas valiosas sobre aspectos que podem ser destacados para atrair o empregador da construção civil. Para colocar a mão na massa sem fazer “barbeiragem”, fique atento a fundamentos que ajudam a construir um bom currículo.

  • Atualidade e concisão. O ideal é o currículo ter, no máximo, duas páginas;
  • Procure mostrar seriedade e responsabilidade;
  • Tenha muito cuidado com a ortografia. Um erro de português pode eliminá-lo da seleção;
  • Jamais escreva o currículo em primeira pessoa;
  • Destaque resultados apresentados em experiências anteriores e promoções conquistadas;
  • Dependendo do tipo de cargo, é interessante ter o currículo em português e em inglês;
  • Se tiver condições, peça a opinião de amigos profissionais sobre o currículo. Isso ajuda a tornar o conteúdo mais atraente.

Cuidado

Ao montar o currículo, tenha cuidado de não inserir os seguintes itens:

  • Gráficos e imagens;
  • Experiências de trabalho sem relação com a vaga;
  • Preferências políticas;
  • Preferências de cunho religioso;
  • Problemas familiares.

Apenas mencione o salário desejado, caso essa informação seja solicitada. Nesse caso, procure pedir uma remuneração dentro dos padrões do mercado.

Versão

A primeira versão do currículo ficou bastante interessante. Contudo, ela não pode ser usada em todas as oportunidades de vagas.

Felizmente, não é preciso refazer o currículo a cada chance de emprego. Mesmo assim, é bom ficar atento a itens que podem ser modificados:

  • Capacitações: é importante mostrar que você tem as qualificações solicitadas pelo empregador;
  • Experiência: mostre que você tem resultados relevantes relacionados com o cargo que está disputando;
  • Habilidades – indique onde conseguiu as habilidades necessárias para o cargo.

Dados

Para você ter um currículo vencedor, confira os dados que as empresas de construção civil verificam antes de contratar:

  • Nome completo;
  • Idade e data de nascimento;
  • Endereço (rua, número, apartamento, estado, país e CEP);
  • Números de telefone (fixo e celular);
  • E-mail (preferencialmente o mais usado);
  • Cargo (destacando o início e o fim do período trabalhado na empresa);
  • Nome do empregador. Por exemplo, construtora XX, incorporadora WWW.
  • Formação acadêmica, qualificações e treinamento. Em cada item, informe o mais recente, citando também a instituição responsável pela atividade;
  • Idiomas. Inicialmente, mencione a língua materna. No caso de outros idiomas, cite o domínio oral e escrito e o tipo de nível (básico, intermediário, avançado e fluente);
  • Informar conhecimentos de informática, citando os softwares e o nível de conhecimento (básico, intermediário e avançado).

Se a vaga for para trabalhar no exterior, também é necessário mencionar os seguintes dados:

  • ID do Skype (importante para entrevistas online);
  • Nacionalidade;
  • Número do passaporte e a data de validade;
  • Incluir foto, se for pedido. Nesse caso, a foto deve ser profissional, preferencialmente, frontal e com uniforme.

Qualificações

Procure sempre citar de maneira clara as suas qualificações no currículo. No caso de um pedreiro, é válido citar aspectos como:

  • Conhecimentos para atuar na construção e reforma residências ou prédios comerciais de grande e pequeno porte;
  • Capacidade de interpretar as plantas desenhadas por engenheiros;
  • Facilidade de controlar o fluxo de serviços, recebimento e checagem de materiais.

Se você é eletricista e está procurando uma boa oportunidade, é bom citar no currículo os seguintes aspectos:

  • interpretação de desenhos técnicos de fiação elétrica;
  • execução de reparos ou substituição de equipamentos e fiação elétrica;
  • capacidade de testar a segurança dos equipamentos elétricos;
  • condições de projetar redes de distribuição de energia.

No caso do carpinteiro, é preciso destacar ações que outros profissionais não realizam, como o eletricista, por exemplo. Por isso, ele pode mencionar aspectos como:

  • capacidade para construção de andaimes;
  • habilidade para construir proteção de estruturas de madeira para esquadrias, portas e telhado;
  • montagem de tapumes e formas no canteiro de obras;
  • fabricar, montar e desmontar estruturas de madeira. 

Detalhes

Outros detalhes são essenciais para montar um currículo interessante para as empresas de construção civil. O recomendado é criar um documento no formato carta ou A4.

A fonte adotada no corpo do texto pode ser: Calibri, Helvética Tahoma ou Verdana. Nos títulos, pode ser Cambria, Georgia e Trebuchet MS.

Em relação ao tamanho da fonte, pode ser 16 (nome do candidato), 14 (títulos) e 12 para o restante do texto. Os cabeçalhos e o nome precisam ficar em negrito.

Faça um espaçamento entre as itens do currículo para facilitar a leitura. E não use cores, em hipótese nenhuma.

Em geral, as empresas preferem o currículo cronológico com a apresentação em ordem temporal do histórico de trabalho e da formação, sendo valorizadas as informações mais recentes.

Com essas dicas, você fará o currículo ideal para conquistar vagas no segmento da construção civil.

Páginas Relacionadas

Salários da Construção Civil

Tabela Salarial da Construção Civil Profissão Piso Salarial Teto Salarial Média Salarial Administrativo de obras 3.039,00 6.639,10 4.784,90 Advogado pleno 5.580,70 6.927,00 6.042,80 Ajudante geral… Saiba mais

Como Trabalhar em Construção Civil

A Construção civil é um dos principais setores industriais do Brasil. Sua função é desenvolver o bem estar da sociedade, preservando o meio ambiente, por meio de… Saiba mais

Profissões na Construção Civil Comercial

A Construção Civil Comercial/Institucional é uma das áreas com crescimento constante. Mesmo em períodos de crise a área continua com alta procura por profissionais. Ter… Saiba mais

Profissões na Construção Civil

A Construção Civil é uma área extensa, que oferece diversas possibilidades de emprego. É uma área em constante desenvolvimento, sempre tendo demanda da necessidade de… Saiba mais